Literatura Africana de Expressão Portuguesa – Francisco José Tenreiro – Cântico Negro

Branco novo,

Que vês nesta terra
o teu futuro,
a tua vida,
tua felicidade…

Branco novo,
Que trazes na cabeça
ilusões,
sonhos,
infantilidades…

Branco,

Nós te recebemos
dando-te tudo o que possuímos:
nossa terra,
nosso ritmo e magia.

Só te pedimos
ó branco novo!,
que ames a nossa palmeira
como a oliveira da tua terra.

Que não vás ao socopé,
sòmente
com o calor
de satisfazer o teu desejo,

nas ancas roliças
fortes
das mulheres da nossa terra.

Branco!,
só te pedimos isto
e nós te amaremos…

Francisco José Tenreiro

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: