Literatura Africana de Expressão Portuguesa – José Craveirinha – Grito Negro

Eu sou carvão!
E tu arrancas-me brutamente do chão
E fazes-me tua mina
Patrão!

Eu sou carvão!
E tu acendes-me, patrão
Para te servir eternamente como força motriz
mas eternamente não
Patrão!

Eu sou carvão!
E tenho que arder, sim
e queimar tudo com a força da minha combustão.

Eu sou carvão!
E tenho que arder na exploração
Arder até às cinzas da maldição
Arder vivo como alcatrão, meu Irmão
Até não ser mais tua mina
Patrão!

Eu sou carvão!
Tenho que arder
E queimar tudo com o fogo da minha combustão.

Sim!
Eu serei o teu carvão
Patrão!

José Craveirinha

2 Respostas

  1. Muito bom, fala realmente a verdade sobre o negro, o que ele sofre e o que ele passava e passa com os que digamos ” senhores patrão” acho que isso ajuda a ver o que nos negros sofremos com o preconceito racial e entre outros. As pessoas precisam acordar para a realidade e ver que certas coisas que elas fazem são muito erradas, tendo então etre elas o despreso com o negro, eu falo isso porque eu já sofri preconceito por se aadotada, por ser negra, por ser pobre, por ser humana, por ser feliz, por ser quem eu sou. É por esse tipo de circunstancia que o negro cria forças para dar a volta por cima e ser bem melhores do que os ” senhores patrões”. É com esse tipo de força qeu faz com que ele seja como ele é simplismente negro…E mostram que tem capacidade de crescer e ser feliz

    • O preconceito é uma desprezível baixeza do carácter humano, que tem de ser enfrentada com a afirmação da dignidade que diferencia os homens.
      Ser negra é ser uma pessoa: com inteligência, com sentimentos, com saberes, com história, com passado, com cultura, com direito ao seu lugar no mundo – que importância tem a cor da pele?
      Ser adoptada é ser acolhida e amada, motivo de orgulho.
      Ser pobre é não ter pão para comer, mas mais pobre é tê-lo e não saber viver, partilhar, respeitar o outro, reconhecer-se ser humano no rosto de quem ri, chora, sofre.
      Ser feliz é aceitar-se, colher flores no caminho, semear o bem por onde passa, lutar e vencer, abraçar a vida.
      Ser quem é, é fidelidade a si própria e saber ser feliz – parabéns!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: