Literatura Africana de Expressão Portuguesa – José Eduardo Agualusa – Agualusa

“(…) ao contrário do que muita gente pensa, Agualusa é realmente o meu nome de família. Herdei-o da minha mãe. Trata-se de um termo da marinharia, com que se designa o mar muito limpo e muito calmo. Será, dizem, uma corruptela de água lisa, ou talvez, antes, de água luzente. Pode ser.”

José Eduardo Agualusa (1960)

Nota: Que o “Mar muito limpo e muito calmo” com voz inconfundível que inundou, há anos, as aulas de Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa, a convite da Prof.ª Dr.ª Ana Mafalda Leite, e a “água reluzente” que pairava no bar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa se expandam pelo mundo!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: