As Dúvidas do Zé-Concertina – Despender e Despendido/ Dispêndio e Dispendioso

Conversa entre o Zé-Concertina, as Vogas e outras Mais…

– Boa noite, Sr. Zé-Concertina! Está tudo bem? Parece muito animado!

– Boa noite, menina consoante d! Está tudo bem, sim senhora! Mas acho que bebi um copito a mais. Veja lá a menina que já não digo coisa com coisa. Nem sei se não devia ter despendido os trocos naquela pinga, ou se foi um grande dispêndio. Estou “baralhadinho dum todo”, como diz a minha tia Delfina. Tal é esta miséria!

– Sr. Zé-Concertina, não se aflija, porque ainda está em muito bom estado. Preste atenção, sim?

– Diga lá, menina, que sou todo ouvidos!

– O Sr. Zé-Concertina está certo, porque despendido é o particípio passado do verbo despender, que significa “gastar”, mas repetiu-se, pois dispêndio designa “despesa, gasto”, e é familiar de dispendioso, “caro, custoso”

-Ó menina consoante, então eu ainda podia ter dito que o copito foi muito dispendioso?

– Claro que sim, Sr. Zé-Concertina!

– Muito obrigado menina! Afinal a cabecinha ainda funciona!Durma bem!

– Obrigada, igualmente, Sr. Zé-Concertina!

Uma resposta

  1. Hello there, just became alert to your blog through
    Google, and found that it’s truly informative. I’m gonna watch out for brussels.
    I will be grateful if you continue this in future. Numerous people will be benefited from your writing.

    Cheers!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: