Ferreira Gullar – O Mundo e a Poesia

“O mundo não precisa da poesia para continuar chato como ele é.

Precisa da poesia para lhe dar beleza, um pouco de deslumbramento, é para isso que os poetas servem, não servem para aliviar dor de dentes, cancro, salvar a vida de alguém. Serve para isto: criar a ilusão de que a vida é melhor do que é.”

Ferreira Gullar (S. Luiz, Maranhão, 10/9/1930 – Rio de Janeiro, 04/12/2016)
Pseudónimo de José Ribamar Ferreira
Poeta, crítico de arte, ensaísta, memorialista, biólogo.
Galardoado com o Prémio Camões em 2010.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: