Graça Pires – O Sabor das Palavras

graca-pires

A pão sabem as palavras,

quando a brisa do sul nos roça a cara.

Seguro, nas duas mãos, as tuas mãos

e sob o peito (o teu, o meu), alastram ramos

transparentes que sustêm, na casa,

a trave-mestra, como se a raiz

de cada árvore nos amarrasse

as veias ao destino do coração.

 

Graça Pires (Figueira da Foz, 22/11/1946)
Poetisa, licenciada em História, angariou o Prémio de Revelação de poesia da APE de 1988.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: