Maria Velho da Costa – Elas…

Maria Velho da Costa

“Elas são quatro milhões, o dia nasce, elas acendem o lume.

Elas cortam o pão e aquecem o café.

Elas picam cebolas e descascam batatas.

Elas migam sêmeas e restos de comida azeda.

Elas chamam ainda escuro os homens e os animais e as crianças.

Elas enchem lancheiras e tarros e pastas de escola com latas e buchas e fruta embrulhada em pano limpo.

Elas lavam os lençóis e as camisas que hão-de suar-se outra vez.

Elas esfregam o chão de joelhos com escova e paiçaba e sabão amarelo e correm com os insectos a que não venham a adoecer os seus enquanto dormem.

Elas brigam nos mercados e nas praças por mais barato.”

COSTA, Maria Velho, Cravo (1976)

 

Maria Velho da Costa (Lisboa, 26/6/1938)
Romancista, contista, ensaísta, galardoada com vários prémios literários, nomeadamente o Prémio Camões em 2002, co-autora do livro: Novas Cartas Portuguesas (1972) com Maria Isabel Barreno e Maria Teresa Horta, tendo ficado conhecidas internacionalmente por: “As Três Marias”, licenciada em Filologia Germânica, professora do ensino secundário.

 

Advertisements

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: