Eugénio de Andrade – Esta é a Poesia

Eugénio de Andrade

“(…) Santo Agostinho afirmou que a beleza é o esplendor da verdade.

Gostaria que, onde o santo escreveu beleza, se lesse poesia. Assim, a poesia, toda a poesia, teria esse esplendor, o da verdade, e deste modo iríamos ao encontro de Goethe, para quem verdade e poesia sempre caminharam juntas. Só assim evitaremos que ela se torne na mais fútil das ocupações.

Foz do Douro, 26.11.98”

ANDRADE, Eugénio de, Antologia Pessoal da Poesia Portuguesa

Eugénio de Andrade (Póvoa de Atalaia, Fundão , 19/01/1923 – Porto, 13/06/2005)
Pseudónimo de José Fontinhas.
Poeta de renome internacional, tradutor, prosador, autor de literatura infantil, antologista, detentor de diversos prémios literários.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: