Marly de Oliveira – Parecia um Pássaro

Marly de Oliveira

Parecia um pássaro, um frêmito

de folha, uma líbélula,

uma coisa evanescente

e volátil:

não era nada, um pensamento / de amor? /

que se ensaiou na sombra

e desapareceu qual rã.

Marly de Oliveira (Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo 1935 — Rio de Janeiro, 1/6/2007)
Poetisa, professora de língua e literatura italiana e de literatura hispano-americana, ex-esposa de João Cabral de Melo Neto.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: