Ana Paula Bastos – Tristeza de não Saber Amar

Como são tristes as pessoas que não sabem amar,
Cujas vidas nunca deram flor
Nem foram iluminadas
pelo rastro luminoso
de uma Amizade verdadeira, nobre e bela…

A tristeza de nunca ter
Sido envolvido num abraço de um amigo…

A tristeza de nunca ter sido
Absorvido pelo mistério impenetrável do Amor…
Porque um momento de verdadeiro amor
…vale uma vida.

Não há dúvidas de que
a ciência de viver é a arte de amar.

Como são vazias estas vidas sem amor,
estes corações áridos, secos,
Cheios de espinhos,
sem uma única flor que nelas abra
e perfume ambiente…

Sem a maravilhosa sensação
de experenciar um louco amor pela humanidade
mergulhado no oceano da vida…
Do espíito…
Da vibração…
E da comunhão…

Ana Paulo Bastos (Portimão, 1955)
Professora de Educação Moral e Religiosa Católica, Formadora de Teologia, Fisioterapeuta, Mestre em Ciências da Educação.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: