António Torrado – Tempo sem Sombras

António Torrado

É o tempo do amor onduloso

É o tempo dos ecos nas veias

É o tempo das aves sem poiso

É o tempo dos rios, contornos precisos

Nas sombras, na areia…

 

É o tempo dos sulcos mal feridos

É o tempo das mãos que se apertam

É o tempo dos vales compridos

É o tempo da vida, na brisa fugida às sombras enredam.

 

É o tempo dos cantos abertos

É o tempo dos rios cantados

É o tempo dos musgos, dos fetos

É o tempo da terra, dos gestos de seda

Nas fontes, nos prados.

 

É o tempo do amor onduloso

É o tempo dos ecos nas veias

É o tempo das aves sem poiso

É o tempo dos rios, contornos precisos

Nas sombras, na areia…

 

António Torrado (Lisboa, 21/11/1939)
Poeta, dramaturgo, contista, destacado autor de literatura infantil e juvenil, professor, pedagogo, jornalista, licenciado em Filosofia.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: