Natália Correia – Ao Mário Cesariny de Vasconcelos

Natália Correia

O retrato que eu achei

no quadro que o poeta pintou

Ao Mário Cesariny de Vasconcelos

 

Deram o Egipto como fundo

Ao poeta girassol.

Para partir faltava o mundo

Para ficar falava o sol.

 

Viu uma estrela. Fechou a mala.

Levou a estrela para o Japão.

Pês mais um espelho na sua sala.

Cresceu-lhe um dedo fora da mão.

 

Abriu o leque do seu perfil

Fez um trapézio com as varetas.

Deu uma queda no mês de Abril

Encheu-se a terra de rosas pretas.

 

Natália Correia (Fajã de Baixo, S. Miguel, 13/9/1923 – Lisboa, 16/3/1993)
Poetisa, romancista, ensaísta, jornalista, dramaturga.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: