José-Augusto França – O Poeta

José Augusto França

“(…) Que pode o pobre poeta fazer, mais do que atender ao próprio caminho?

Ele é o detector previlegiado da maravilha que se vai oferecendo. Como um rio, a sua poesia vai carreando o que das margens tomba, vai submergindo, transformando energèticamente esse tambor. Deposita-o, flutua-o, desintegra-o e cria-o na imagem que entre em reflexo.

Ele, o poeta, catalizador da exigência da primeira imagem, é o leito onde passam as águas do rio. (…) O leito em si tem pedras e tem pequenas árvores, uma flora e uma fauna estranha (…)”

FRANÇA, José-Augusto,  “Breve Nota Sobre A  Destruição em Poesia”, in Cadernos de Poesia 

José Augusto França (Tomar, 16/11/1922)
Historiador e crítico de arte, professor catedrático jubilado, fundador do Movimento Surrealista de Lisboa, 1948.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: