Literatura Africana de Expressão Portuguesa – Cordeiro da Matta, Kicôla, Excerto

Livros

Nesta pequena cidade,

vi uma certa donzela,

que muito tinha de bela,

de fada, huri e deidade,

a quem disse: – “minha q’rida,

peço um beijo por favor,

bem sabes ó meu amor,

que eu por ti daria a vida!”

 

– “Nguami-âmi, ngana-lame,

“não quero, caro senhor” –

disse, sem mudar de cor –

“maculo! quangandallâmi,

“não creio no vosso amor”…

(…)

Nota: Excerto com o emprego de termos em quimbundo, traduzidos.

Joaquim Dias Cordeiro da Matta (Angola, 25/12/1857 – 1894)
Poeta, jornalista, investigador, é considerado o pai da literatura angolana, foi o primeiro a reivindicar uma literatura autóctone.

 

2 Respostas

  1. Gostei muito…

    • Olá!
      Muito obrigada pelo motivador apreço que vai manifestando relativamente às minhas publicações, não obstante a minha falta de assiduidade e permanências apressadas.
      Que continuem a ser do seu agrado!
      Bem-vinda, sempre!
      Boa semana!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: