Nuno Júdice – Portugal

Nuno Júdice

Deita-se com a cabeceira

Voltada para o norte e os pés a mergulharem

no Atlântico. Em cima,  a cabeça sonha com

as brumas que invadem os vales, no outono,

e os olhos iluminam-se quando o amarelo

das flores invade o cume dos montes, no fim

da primavera. Como um cinto, o Tejo prende-o

a essa cama estreita; e olha

o mar, deixando que as ondas o despertem,

por instantes, do sono antigo.

Depois, vira-se para o outro lado, como se

não quisesse saber de nevoeiros matinais; e

volta a adormecer, enquanto o sol

agoniza no horizonte.

 

Nuno Júdice (Mexilhoeira Grande, Algarve, 1949)
Escritor, poeta, ensaísta, colaborador em várias publicações, professor catedrático.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: