Maria Isabel Barreno – A Língua Portuguesa

Maria Isabel Barreno

” Por toda a parte aparecem “conceitos” novos. Importados, claro.

A língua inglesa é lesta a inventar novas palavras ou a incluir novos conteúdos em palavras antigas.

A língua portuguesa, pelo contrário, é lenta. Ou está lenta: tornou-se avessa às agilidades que as mudanças exigem. Dizer frases recheadas de palavras estrangeiras tornou-se uma espécie de exibição de saber e de capacidades, de luxo novo-rico.

Quando eu era criança, cantávamos o “Chapéu de três bicos”. Era um jogo: as palavras iam sendo omitidas e substituídas por gestos, quem se enganava, perdia.  Às vezes, quando vejo telejornais ou oiço outros discursos supostamente informativos, tenho a sensação de frase entrecortada: só que não há gesto, nem legenda, que nos ilumine quanto ao conteúdo do que é dito.

A língua portuguesa está a transformar-se num universo verbal cheio de buracos, mas as “autoridades” parecem apenas preocupadas com os “p” e os “c” a mais ou menos. (…)”

In JL, 21 de agosto a 3 de setembro de 2013

 

Maria Isabel Barreno (Lisboa, 10/7/1939 – 03/09/2016)
Romancista, novelista, contista, ensaísta, autora de trabalhos sociológicos e de guiões para a televisão e cinema, colaboradora de jornais e revistas, integrou o Movimento Feminista de Portugal com as escritoras: Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa, com as quais é co-autora de: Novas Cartas Portuguesas, tendo ficado conhecidas internacionalmente por: “As Três Marias”, licenciada em Ciências Histórico-Filosóficas.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: