Teixeira de Pascoaes – A Sombra de Jesus

Teixeira de Pascoaes

 

Entre o sombrio e bíblico arvoredo

Do Jardim, onde Cristo repousava,

Num alvorar de sonho e de segredo,

Fez-se uma luz; e, no ar, se levantava…

 

Luz sobrenatural que deslumbrava

O céu azul, a terra, e, quase a medo,

Misteriosamente, ela tomava

Divina e humana forma, entre arvoredo.

 

Era Jesus. E logo Madalena,

Nessa manhã genésica e serena,

Corre, ao encontro dele, enlouquecida!

 

Quis beijá-lo e abraçá-lo, com fervor…

Mas Jesus era apenas dor e amor,

Era vida sem corpo, era só Vida!

 

PASCOAES, Teixeira de, As Sombras. À Ventura. Jesus e Pã

 

Teixeira de Pascoaes (Amarante, 8/11/1877- Gatão, 14/12/1952)
Poeta, prosador, licenciado em Direito.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: