Fernando Luís Sampaio – Os Crisântemos

Fernando Luís Sampaio

Os crisântemos abriram.
O céu que sobrevoa a minha
casa desata
uma luz intolerável.

A varanda de pedra acolhe
cadeiras, vasos e o ágil
inquilino dos meus passos.

sobre arrebatado vento
vai o mundo.

de Hotel Pimodan

 

Fernando Luís Sampaio (Moçambique, 1960)
Poeta.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: