Maria Azenha – Respira a Neve…

Maria Azenha

Respira a neve no encosto alvo da madrugada:

rosa branca de água no pedestal da montanha

naufrágio da prata ou de minúscula aranha

que nos cedros do coração vem, exacta,

quebrar a dália do mármore.

O vidro , reflectido nas palavras do chão,

recomeça

buscando em cada superfície pombas de claridade

 

Maria Azenha (Coimbra, 29/12/1945)
Poetisa, professora, licenciada em Ciências Matemáticas.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: