Maria Teresa Rita Lopes – Quatro auto-retratos

Maria Teresa Rita Lopes

 

2

Porque será que meus olhos tanto necessitam
de ver mar ao longe?
Ou pelo menos a água
de um rio
para aí cheirar a sua raiz
Se calhar foi por tanto apetecer o azul
da água ao longe
que meus olhos são claros
e por tanto amar o mar
que meus desgostos
se tornaram destemidos e salgados
e têm
o voo a pique das gaivotas
e o grito ácido
dos pássaros marinhos

LOPES, Maria Teresa Rita, Afectos

 

Maria Teresa Rita Lopes (Faro, 12/9/1937)
Ensaísta, poetisa e dramaturga, investigadora, uma das maiores especialistas contemporâneas sobre Fernando Pessoa, professora catedrática, licenciada em Filologia Românica – FLUL-, doutorada pela Sorbonne.

Advertisements

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: