Ana Goês – Jogos com a Língua Portuguesa (continuação)

Pares de “frases homófonas”…

 

“Oh, sim, a mulatinha!
Oh, sim, a mula tinha…

 

“Porque não gosta de aves, truz!, bateu-lhe!
Porque não gosta de avestruz, bateu-lhe!

 

“Com defeito, Barão?
Conde feito Barão?!

 

“Eduque como deve ser!
E Duque como deve ser…

 

“O passo da Rainha reconhecia-se ao longe.
O Paço da Rainha reconhecia-se ao longe.”

 

“Reinação!…
Rei! Nação!

 

“Se a mão dobra, não interessa…
Se a mão-de-obra não interessa…

 

“Se tenta, não se senta…
Setenta, não sessenta!…

 

“Semear em Janeiro é natural…
Se miar em Janeiro é natural…

 

“Sementes, nem penses nisso!
Se mentes, nem penses nisso!

 

GOÊS, Ana, Aliás Voltas Sempre / Ali às Voltas Sempre

(continua)

 

Ana Goês, Carnaxide, 1936
Poetisa e prosadora.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: