Maria Teresa Horta – Carta Última para Maria Isabel Barreno (2.ª Parte)

“Escrevo, Isabel,

carta última,

como as que nós três escrevemos

no final de Novas Cartas Portuguesas,

nosso livro de denúncia, resistência,

levantamento e grito.

Então, perguntando, sublinhando:

” – Minhas irmãs: / Mas o que

pode a literatura? Ou antes: o que

podem as palavras?”

Interrogando também:

– “Sagacidade? Insegurança?

Ambiguidade posta?

(…)”

E ainda:

– ”  Ó terra! Ó Portugal! Ó tanta

largueza! Será possível que me falte o

ar e na realidade esteja presa?”

 

Vozes,

imaginários, interrogações, fic-

ções, testemunhos de cada uma de

nós ao darmos por terminado Novas

Cartas Portuguesas. Mas, então,

quantas dúvidas, quantos textos ina-

casados ou ainda por escrever, quan-

ta insatisfação sem querer abandonar

o nosso escrever comum, o nosso riso

a três diante da vida

“Tentei regressar assim ao meu

princípio?” – indagou pois uma de

nós…

Tornando ao nosso início.

Asa de velejar o mundo,

Isabel,

sem entendermos o real tamanho

da nossa desobediência e do nosso

desafio ao confrontarmos frontal-

mente a sociedade portuguesa fascista

e mais tarde a encarar o mundo,

olhos nos olhos.

 

Escrevo, Isabel,

carta última,

diante da tua súbita partida, que

me fez recordar de novo nós três

quando na escrita, juntas e unas, em

tempo de desmesura frente à vida,

que nessa altura nos exigia tudo.

Quando, hoje sem ti,

sinto-me ficar de súbito, sem es-

teio, nesta súbita e irracional vontade te pedir:

– Não vás já, Isabel

não vás ainda embora. Tu perene-

ces aos tantos sentimentos inacaba-

dos e tão

perdidos

sentidos.

 

Consciente de que nunca mais

nos olharemos as duas, ora na luz dos

poemas, ora nos esconderijos, nas es-

curidades das cisternas, nos labirintos

das escritas

 

Repara, Isabel

quanta memória inacabada! –

Gostaria de te dizer, no tanto que

ainda fica por escrevermos!

As rosas serão de condição

sangrante – sabíamos, olhando pela

fresta da claridade.

Perplexas diante das nossas

vidas…

Tal como então escrevemos:

– ” O que nos resta depois disto?

Mas o que nos restava antes disto?

Penso que bastante menos: muito

menos, mesmo.

E em boa verdade vos digo: que

continuamos sós mas menos desam-

paradas.”

 

Magnificat!

 

Maria Teresa Horta.

Lisboa, 11 de setembro de 2016

 

* A  autoria de cada um dos trechos de Novas

Cartas Portuguesas, transcritos entre aspas, é assumida em conjunto pelas três

autoras.”

 

In JL, 14 a 27 de setembro de 2016

 

Maria Teresa Horta (Lisboa, 20/5/1937)
Poetisa, colaboradora de diversos jornais e revistas, pertenceu ao grupo Poesia 61 e aos movimentos cineclubista e feminista, co-autora do livro: Novas Cartas Portuguesas (1972) com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, tendo ficado conhecidas internacionalmente por: “As Três Marias”.

 

Maria Isabel Barreno (Lisboa, 10/7/1939 – 03/09/2016)
Romancista, novelista, contista, ensaísta, autora de trabalhos sociológicos e de guiões para a televisão e cinema, colaboradora de jornais e revistas, integrou o Movimento Feminista de Portugal com as escritoras: Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa, com as quais é co-autora de: Novas Cartas Portuguesas, tendo ficado conhecidas internacionalmente por: “As Três Marias”, licenciada em Ciências Histórico-Filosóficas.

 

Maria Velho da Costa (Lisboa, 26/6/1938)
Romancista, contista, ensaísta, galardoada com vários prémios literários, nomeadamente o Prémio Camões em 2002, co-autora do livro: Novas Cartas Portuguesas (1972) com Maria Isabel Barreno e Maria Teresa Horta, tendo ficado conhecidas internacionalmente por: “As Três Marias”, licenciada em Filologia Germânica, professora do ensino secundário.

 

 

Advertisements

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: