António Sérgio – Um Olhar sobre Pascoaes

“Um bardo do Setentrião brumoso, que os ventos arrojaram na direcção do Sul, até vir a naufrágio numa praia nossa; não um filho da antiguidade clássica; não um meridional, um mediterrâneo, um homem da Espanha, um luso; foi assim que o vi sempre, que o admirei, que o amei (…) a grandeza cósmica de um Pascoaes (…)”

In Cadernos de Poesia

António Sérgio (Damão, 3/971883 – Lisboa, 24/1/1969)
Intelectual e pensador.

 

Teixeira de Pascoaes (Amarante, 8/11/1877 – Gatão, 14/12/1952)
Poeta, prosador, licenciado em Direito.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: