Alexandre O´ Neill – Agora Escrevo

 

Que queriam fazer de mim?

 

Uma palavra, um gemido obsceno,

Uma noite sem nenhuma saída,

Um coração que mal pudesse

Defender-se da morte,

Uma vírgula trémula de medo

Num requerimento azul, azul,

Uma noite passada num bordel

Parecido com a vida, resumindo

Brutalmente a vida!

 

A chave dos sonhos, o segredo

Da felicidade, as mil e uma

Noites de solidão e medo,

A batata cozida do dia a dia,

O muscular fim-de-semana,

As sardinhas dormindo,

Decapitadas, no azeite,

O amor feito e desfeito

Como uma cama

E ao fundo — o mar…

 

Mas defendi-me e agora escrevo

Furiosamente, agora escrevo

Para alguém:

 

Lembras-te, meu amor, dos passeios que demos

Pela cidade? Dos dias que passámos

Nos braços da cidade?

Coleccionámos gente, rostos simples, frases

De nenhum valor para além do mistério

Também simples do nosso amor.

Inventámos destinos, cruzámos vidas

Feitas de compacta vontade,

De dura necessidade, rostos frios

Possuídos por uma ausência atroz,

Corpos extenuados más sem nenhum sono para dormir,

Olhos já sem angústia, sem esperança, sem qualquer

Pobre resto de vida!

Seguimos a alegria das crianças, agressiva

Como o carvão riscando uma parede,

Aprendemos a rir (oh que vergonha!..)

Com a gente «ordinária» e calados

Descemos até ao rio — e ali ficámos

A ver!

 

Alexandre O´Neill (Lisboa, 19/12/1924 – Lisboa, 21/8/1986)
Poeta, cronista e tradutor, fundador do Movimento Surrealista de Lisboa com Mário Cesariny, José Augusto França e António Pedro.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: