Ana Marques Gastão – [Ver-nos-emos um Dia]

 

Ver-nos-emos um dia

náufragos ou cegos

como animais da sombra.

Está escrito.

Na latitude total

da manhã

na aurora trazida pela noite.

Ver-nos-emos na palavra

de instantânea luz

gerada

no resíduo vivo

do amor.

Ver-nos-emos

tu no meu corpo

eu no teu

para celebrarmos

o regresso

da súbita apetência

de vida

que um dia

um anjo nos ofereceu.

 

Ana Marques Gastão (Lisboa, 1962)
Poetisa, crítica literária, colaboradora de diversas publicações, licenciada em Direito .

 

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: